terça-feira, 11 de agosto de 2009

Sobra tanta falta


Hoje eu senti uma saudade dolorida e arrependida, mas consciente,porque eu fiz com que isso acontecesse,numa tentativa frustrada de não me chatear. Bom, conclusão? Rompi com um amigo, me chateei da mesma forma e a longo prazo.
E essa tal saudade me fez pensar no que realmente nos faz amigo,no que nos interessa, o que faz bem a mim, ao outro e a nós.
Então essa saudade me fez pensar na amizade. Sim, pois a minha saudade de hoje, foi por uma amizade de ontem.
Percebi que o meu orgulho me fez sentir saudade e que orgulho não tem muito a ver com amizade.
Porque amizade é compreensão,perdão, entendimento, é mais que querer bem, é viver bem com quem se tem.
E a vontade que eu tive foi de querer conversar, lembrar, sorrir, contar tanta coisa, como antigamente, como bons e velhos amigos. Mas hoje não fiz nada para que isso acontecesse, não pelo orgulho, mas pela coragem, melhor dizendo, pela ausência dela.

Mas amanhã é outro dia, quem sabe as forças que me acompanham, mudam,e quem sabe assim ...

A amizade não se busca, não se sonha, não se deseja; ela exerce-se,
é uma virtude.
(Simone Weil)


Escutando : Three Little Birds - Bob Marley

- Já é madrugada, sem um pingo de sono, mas tenho que ir.
Abraços e beijinhos e carinhos sem ter fim!

Um comentário:

Aline Abas disse...

ow amigaaa
conheço bem essa saudadeee
eitaaa..qi sem qrer ela nos envadir, deixando o nosso coraçãozinho apertadooo
saudades...
bjinhum